Acervo da Associação dos Expedicionários Campineiros - AExpCamp

Monumento do Expedicionário na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, Campinas, SP

DSCN3351x.JPG

Foto acima por João Carlos de Andrade

 

Localizado ao lado direito de quem entra na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) pelo Portão Principal, perto do Portão das Armas. Foi inaugurado em 31 de março de 1972 para homenagear a todos os membros da Força Expedicionária Brasileira (FEB) que participaram dos combates na segunda guerra mundial. 

Este Monumento é formado por uma lápide em granito, na qual estão inscritas, em letras de bronze, todas as batalhas travadas pela FEB no teatro de operações da Itália. Em sua base estão depositadas algumas pedras (uma de cada lugar onde a FEB foi vitoriosa), uma caixa de acrílico contendo terra do Cemitério Militar de Pistóia (Itália), um fuzil com baioneta e um capacete de combate.

As pedras que lá se encontram são provenientes das regiões italianas onde se deram os confrontos com o inimigo nazi-fascista e foram trazidas pelo então 2º Tenente Rubens Resstel, (1G-62533), um dos expedicionários condecorados com a Estrela de Prata pelo V Exército Americano. Ele doou essas pedras ao monumento da Escola, em 1972 quando, como Coronel, comandava o antigo 5º G Can (hoje 2º Batalhão Logístico), em Campinas, no período de 12/02/1970 a 10/03/1972.

O texto  alusivo à inauguração desse monumento foi originalmente escrito pelo Cel. Jorge Luiz Pavan Cappellano no livro "Escola Preparatória de Cadetes do Exército - 80 Anos de História", cuja página original está retratada na primeira foto da galeria mostrada abaixo. As demais fotos desta galeria mostram este monumento e seus detalhes, após remodelação realizada em 2019. 

Monumento remodelado: fotos obtidas junto ao Departamento de Relações Públicas , por solicitação do Cel. Villaça.

XXXXXXXXXXXXXX